Stiv Rap é a esperança do hip-hop nas praias do Litoral Norte - Caraguá Beach
.

Stiv Rap é a esperança do hip-hop nas praias do Litoral Norte



O artista sonha em poder cantar ao lado de rappers americanos

Todas as suas músicas começam com três dígitos, porque seu objetivo é alcançar a incrível marca de 999 composições próprias. Nascido em São Paulo, mas vivendo em Ilhabela, o rapper Stiv Rap, como gosta de ser chamado, é um dos poucos artistas de hip-hop da região.  “O hip-hop no litoral norte tem sido uma luta. Pessoas como eu, que se preocupam com a qualidade de vida e o futuro regional e nacional, têm lutado para conquistar um espaço maior por aqui e nos interiores do Brasil”, desabafou o rapper.  Stiv traz nas letras de suas músicas uma mensagem e estilo particular de conscientização social e usa as experiências de sua vida para alcançar seu público. Segundo ele, ninguém precisa ser expert em todos os assuntos do mundo, mas a ignorância cega um homem.

Stiv Rap começou a brincar com instrumentos musicais na infância, ainda com 16 anos, mas foi aos 19 que compôs suas primeiras músicas. Naquela época o compositor tinha como referência o cantor Gabriel, o Pensador, que lançou no final de 2012 o seu último álbum, “Sem Crise”. Já na fase adulta, Stiv usa como inspiração o rapper Mano Brown e Sabotage, grandes nomes do rap nacional.


"O hip-hip é um movimento muito especial, porque ele não tenta tirar as pessoas das ruas, e sim fazer da rua um lugar melhor" - Stiv 

O libriano conta que já perdeu emprego, amizades, notas escolares, e até namorada apenas por ser rapper. O cantor afirma ainda que hoje, quando se fala em rap, apenas é visto o rap dos anos 80, criminal, de linguagem agressiva, e o rap “moderno” de jovens falando de diversão, ostentação, mulheres, etc. Mas, para Stiv Rap, é justamente o ódio que o incentiva: “O ódio me incentiva. O ódio de quem dizia que eu nunca conseguiria. O ódio de quem dizia que eu era um sonhador idiota. O ódio de quem me iludia e me fazia acreditar que tudo estava bom do jeito que estava... Isso me motiva!”, declarou o rapper.

“001 Lá Na Vila” é o rap de estreia do cantor. A canção faz uma análise cavada da vida noturna e das pessoas que frequentam a Vila, centro histórico de Ilhabela. Mas o seu rap de maior sucesso é “008 Só Que Não”, onde ele referencia um dos maiores virais da internet no Brasil, o vídeo já ultrapassou 300 visualizações no Youtube.

Confiança

Até o momento Stiv Rap não possui nenhum contrato com gravadoras e suas produções são independentes e feitas de forma caseira. Ele diz que as produções que precisa de mais gente, como o videoclipe “008 Só Que Não”, quem banca é o seu empresário e investidor particular Weverton, que em breve participará de algumas músicas do artista.

Além do arquipélago, Stiv tem o apoio dos moradores das periferias de São Paulo, onde morou por bastante tempo: “O apoio de meus amigos eu sempre tive, sempre me fizeram acreditar que eu era capaz e merecia investir nesse trabalho”.

Hoje, o rapper divulga seu trabalho por meio de sua conta no Facebook e um canal no Youtube. Ele conta que já participou de pequenos eventos como organizador e cooperador.




AGENDA SHOWS

Casa Aberta/ Ilhabela - 06/09
Casa Aberta/ Ilhabela - 04/10

VEJA OS VÍDEOS 


Arquivado em:   , , ,

4 Caiçaras comentaram:

  1. Não é um estilo de música que curto muito heheh
    Mas sucesso ao cara!

    Senhor do Século

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro black music. O hip hop, rap, mas uma pena que no Brasil seja visto de forma diferente dos EUA.

    http://luoucuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. parabens stiv. tamo junto mam

    ResponderExcluir